A DNF ACOLHEU A XXII REUNIÃO DO ZAZIBONA

A DNF ACOLHEU A XXII REUNIÃO DO ZAZIBONA

O Zazibona é uma iniciativa da SADC para a colaboração no âmbito da avaliação e inspecção em boas praticas de fabrico dos medicamentos.

A Direcção Nacional de Farmácia, enquanto Autoridade Nacional Reguladora de Medicamentos é membro activo do Zazibona desde o ano 2018, tendo acolhido de 18 – 22 de Março, a Vigésima Segunda Sessão de Avaliadores do Zazibona. O avento teve lugar no Hotel Avenida, Cidade de Maputo, e contou com a participação de avaliadores representantes dos países da SADC, facilitadores da OMS e outros parceiros como a USAID e NEPAD.

O Senhor Secretário Permanente do Ministério da Saúde, Dr. Zacarias Zindoga, fez abertura oficial do evento, após as considerações dos potenciais parceiros.

A semana foi muito intensa, onde foram discutidos aspectos ligados a qualidade, eficácia e segurança de medicamentos usados para o tratamentos das principais doenças da região da SADC.

Momentos do Evento

Intervenção do Senhor Secretario Permanente do Misau, dando boas vindas e desejando uma boa reunião técnica. Antes porém, solicitou um minuto de silêncio pelas vitimas do ciclone IDAI.

Discussão em plenária das avaliações. Todos em prol da circulação de medicamentos seguros e de boa qualidade.

 

 

 

 

 

Vacina anti-meningocócica falsificada a circular na África ocidental

A Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou um alerta de falsificação de vacina com Ref. RHT-SAV/Alert no1/2017 (www.who.int/medicines/publications/drugalerts/en/), na qual foi identificado pelo fabricante ʺBio-Manguinhos/Fiocruzʺ uma versão falsificada da Vacina anti-meningocócica a circular na Nigeria, com as seguintes características:

Nome do produto: Polysaccharide Meningecoccal ACWY Vaccine

Número de lote: 089UMH002 Z

Prazo de validade: 092017

Data de fabrico: 092014

Em Moçambique, a vacina anti-meningocócica não está registada, contudo o Programa Alargado de Vacinação (PAV) tem recebido a vacina fabricada pela Bio-Med, o último lote recebido foi à 28 de Janeiro de 2014. Neste momento, o Serviço Nacional de Saúde não dispõe da vacina.

Com base nesta informação, caso encontre a vacina anti-meningocócica ACWY com o referido lote não use, contacte o Departamento Farmacêutico através da linha do Centro de Informação de Medicamentos (823062943).

Vacina anti-meningocócica falsificada a circular na Nigéria

A Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou um alerta de segurança com Ref. EMP/SAV/Alert_n5.2019 (www.who.int/medicines/publications/drugalerts/en/), referente à circulação de versões falsificadas da vacina anti-meningocócica na Nigéria, com as seguintes características:

Nome do Produto Mencevax ACWY
Número de lote AMEUA108BA AMEU105BA
Data de validade 02 – 2021 07 – 2021
Data de fabrico 03 – 2018 03 – 2016
Fabricante Glaxo Smitne Biologicals s.a Rixensart-Beigium

 

Em Moçambique, a vacina anti-meningocócica fabricada pela Glaxo Smitne Biologicals s.a Rixensart-Beigium  não está registada.

Com base nesta informação, caso encontre estes produtos com os REFERIDOS LOTES não use, contacte a Direccão Nacional de Farmácia (DNF) através da linha do Centro de Informação de Medicamentos(CIM) (823062943).

Alerta de Segurança da Vacina contra cólera Dukoral

A Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou um alerta de segurança com Ref. EMP/SAV/Alert_n4.2019 (www.who.int/medicines/publications/drugalerts/en/), referente à circulação de versões falsificadas da vacina contra colera “DUKORAL” em Bangladesh, com as seguintes características:

 

Nome do produto Dukoral Oral chlera vaccine/
Fabricante Valneva Canada Inc.
Número de lote KV8262B1
Data de validade 04/2020

 

Em Moçambique, a vacina contra colera “DUKORAL”  não está registada, contudo o Programa Alargado de Vacinação (PAV) para a última campanha recebeu vacina do laboratorio SANOFI (SHANTHA).

Com base nesta informação, caso encontre estes produtos com os REFERIDOS LOTES não use, contacte a Direccão Nacional de Farmácia (DNF) através da linha do Centro de Informação de Medicamentos(CIM) (823062943).

Problema de qualidade de Fluoxetina Bluepharma

Problema de qualidade de Fluoxetina Bluepharma a circular em Moçambique

A Direcção Nacional de Farmácia recebeu uma circular informativa da Autoridade Nacional do Medicamento de Portugal (Infarmed) sobre o produto Fluoxetina Bluepharma, 20 mg, emitida no passado dia 17 de Outubro por ter sido detectado um resultado fora da especificação nos testes de estabilidade, encontre abaixo os detalhes do referido produto:

Nome comercial: Fluoxetina Bluepharma

Forma Farmacêutica: Cápsula

Dosagem: 20 mg

Nome do produto: Fluoxetina

Lote: L170713 e L1707131

Detentor de Autorização de Introdução do Mercado(AIM): Medimport LDA

Número de registo: 3120

 

A Direcção Nacional de Farmácia determina a suspensão do uso dos lotes L170713 e L1707131 de Fluoxetina Bluepharma, e  informa as entidades que possuam os referidos lotes não podem vender, dispensar ou administrar, devendo proceder à sua devolução ao detentor de AIM.

Caso encontre o produto com o referido lote, a ser comercializado contacte a Direcção Nacional de Farmácia através da linha do Centro de Informação de Medicamentos (823062943).

O Nosso Maior Valor é a Vida!